CAFÉ EXPRESSO

Outubro 13 2012

 

 

Confesso que tenho jeito. Mas não gosto. Do Direito. Porém é o que eu faço. Tenho emprego, portanto. Devia estar contente. Mas não estou. Olho para a taxa de desemprego. Está voraz. Acredito que nela caibam, e venham a caber, muitas pessoas da minha área de formação. Nos tempos que correm devia sentir vergonha por me sentir assim. Ao contrário dos juristas desempregados, eu posso pagar as minhas contas e mais qualquer coisa. É fundamental. Ter meios de subsistência. Certamente se não os tivesse haveria de querer muito fazer precisamente o que faço. Porque o desemprego é o pântano que se conhece ou imagina. E é muito difícil sair de um pântano.

 

A meio do curso quis desistir.  Na hora de escolher,  o que queria era ser professora de ginástica. Acabei por não ceder aos meus desejos.Por uma questão de feitio,  em geral tento fazer isso. Não me dar importância. Achei que talvez os outros tivessem razão. “Os tailleurs ficam-te a matar”. Aos 15 anos já se podia ver isso em mim. Acreditei. Visto-os hoje então. Mas o que eu queria era andar de fato de treino a comandar um grupo de miudos aos saltos. Parece que os blazers me apertam os ombros. E no entanto, visto-os. Visto tudo o que é preciso. E também uso as malas apropriadas. Quando eu gosto é de mochilas.

 

Hoje é dia de protestos. E eu estou em casa a protestar da minha vida de empregada num blog.Entre outras, há uma marcha de desempregados promovida pela CGTP. Estou solidária e sinto-me em falta. Entregue a esta espécie de depressão, não me apeteceu sair à rua. Quando devia. Todos devíamos. Precisamos muito uns dos outros. Todos os dias e em todos os contextos. Mas neste um bom bocado mais.

 

Estudei no mestrado que a solidariedade social se esbate à medida que o nível de vida da maioria dos cidadãos aumenta.Ou seja, quando as condições de vida da generalidade das pessoas piora, o espírito de união aumenta. É isto que justifica que este nosso povo pacífico, passivo, desinteressado, mal informado e egoísta comece neste momento a dar sinais do contrário. Como é evidente, e logo que o novo Orçamento do Estado entre em vigor, mais e mais manifestações se realizarão. O espírito de cidadania será reforçado. Pode ser que alguma coisa mude de vez a partir de agora e para o futuro esta pobre sociedade civil.   

 

É claro que acho imperdoável que ninguém, para além dos próprios, se tivesse indignado quando designadamente foram cortados os subsidios aos funcionários públicos e aos pensionistas. A maior parte dos nossos não cidadãos esteve-se nas tintas para um problema que era “deles”. Hoje já todos sabem que os problemas são “nossos”. Porque agora todos estamos com problemas. O poder do povo confiado aos seus representantes abusa sempre de um povo assim.

 

No dia seguinte ao anúncio do “enorme aumento de impostos” havia uma acesa discussão no café da esquina. Por momentos equivoquei-me. Afinal o assunto era futebol. Quando o assunto é futebol e os resultados são maus, rolam cabeças de treinadores e direções. Queimam-se bandeiras e perseguem-se os protagonistas. Há união, força e paixão. No futebol.

 

Como começei por dizer, odeio o meu trabalho. Este país não devia estar assim. Num ponto em que não é possivel a um ser humano dizer uma coisa desta natureza sem sentir um imenso pudor. 

 

publicado por Cat2007 às 22:04
 O que é? |  O que é? | favorito
Tags:

não saiste à rua. eu saí. e preciso muito deste texto escrito enquanto eu estive na rua. precisamos uns dos outros, estejamos na rua ou em casa. quem diria que odeias o que fazes. raramente transparece quando se fala nisso.
Catarina a 13 de Outubro de 2012 às 23:32

E para que precisas tu deste texto?
Cat2007 a 13 de Outubro de 2012 às 23:42

para gostar. para sentir prazer numa leitura. para ficar a ver o ponto de vista além do meu, diferente do meu mas que desperta empatia como se fosse meu também. precisamos uns dos outros: senti isso na rua e senti ao ler isto. satisfeita?
Catarina a 13 de Outubro de 2012 às 23:46

Ainda bem que dei prazer a alguém. Num dia em que não o sinto é especialmente bom. Obrigada.
Cat2007 a 13 de Outubro de 2012 às 23:47

Eu ultimamente tenho vindo, diariamente, há procura dum novo post . Confesso que me habituei a este blog e quando não vejo um post novo sinto uma certa desilusão. Mas também Cat2007 tem mais vida para além do seu blog.

Este post veio de facto muito a propósito porque todos os portugueses têm que se unir. Eu também não sai à rua, fiquei em casa. O meu apoio tem sido no FB onde tenho colocado uns post contra às decisões do governo. Cavaco Silva também ontem fez o mesmo e no seu FB publicou um post contra a brutalidade dos impostos que o governo nos vai querer cobrar em 2013. Só espero que quando lhe couber a decisão que vete o orçamento seja curial com aquilo que escreveu ontem.

Aproveito para fazer aqui uma observação sobre a falta de apoio inicial dos portugueses aos FP . Tem razão mas os FP antes das eleições que elegeram pela 2ª vez José Sócrates, como 1º Ministro, levaram 3,5% de aumento e eu desde 2007 só fui aumentado num ano 0,5%. Naquela altura achei um exagero, um contra-senso pela situação do Pais e quando a crise piorou os FP , forçosamente, foram os 1ºs a sofrer as consequências.

Por último espero que as futuras manifestações, certamente justas, porque Cavaco Silva não deverá vetar o próximo orçamento, não tragam violência. Sinceramente estou muito preocupado com o que poderá vir a acontecer.
jeduardo13 a 14 de Outubro de 2012 às 08:07

Faz-me sentir bem saber que há pessoas que gostam de vir aqui. Daí lamento esta minha intermitência. Sabe, creio que este blog entrou numa espécie de crise de identidade. Sinto necessidade de parar um pouco. É para ver se retomo o fio à minha meada. Muito obrigada, José.
Cat2007 a 19 de Outubro de 2012 às 16:49

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Sabia que fazia anos, tinham me dito, mas no meio ...
há "sinais" que não devemos negar :D
Se o tédio estiver instalado numa relação, então é...
o tédio pode estar na própria relação... ou não?
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


blogs SAPO