CAFÉ EXPRESSO

Março 04 2013

Alguém me disse que se sentia essencialmente apático. Sem saber explicar muito bem as causas, sendo que tinha razões sólidas e respeitáveis para estar triste e inseguro. As quais me expôs. Pensei que a tristeza e a insegurança tinham outra consequência. A angústia. Neste caso, a angústia no superlativo. Mas não. Neste caso é a apatia. Uma forma de estar quieto e afastado de tudo o que a vida tem para oferecer. As boas e as más ofertas.

 

Com efeito, a apatia é uma defesa do organismo. Um apático está física e mentalmente diminuído. E é por isso que se esconde. A tristeza e a insegurança devem ser de grau muito alto. Para além do superlativo. Senão não tinham causado danos tão elevados. Física e mentalmente diminuído é como se sente o apático que falou comigo sobre o assunto. Estou a sublinhar o estado. Um apático não está indiferente. Só muitíssimo cansado. Tanto, que já não sente a tristeza e muitas inseguranças lhe passam ao lado.

 

Quem está muito próximo do limite do cansaço físico e mental tem que ter cuidado. Tem que ficar apático. Porque, de outro modo, pode ceder. E ceder até pode ser partir para um outro estágio e não retornar. Não estou a falar de morte. Pode ser um esgotamento clínico. Pode ser o buraco. Ou um buraco qualquer. O organismo reconhece um buraco quando o vê ao longe. Por isso pára de caminhar. De ir na sua direção. Pára e fica exatamente onde está. Não muda de rumo. Nem volta para trás. Fica ali. Deitado. À espera. Que as forças retornem aos poucos. Testando devagarinho as pernas, os braços, a capacidade de atenção e a forma de respirar.

 

Acredito que um dia a apatia passa. Porque o descanso, a espera, vai dar frutos. Estou a contar com isso. Alguém me disse que se sentia essencialmente apático. O que eu não consigo acreditar que dure por demasiado tempo. Como se vê pelas razões expostas.

 

publicado por Cat2007 às 17:22
 O que é? |  O que é? | favorito
Tags:

sim, apatia é exatamente isso que descreves. está rigoroso.
e a propósito da drama queen com que sonorizas a apatia lembrei-me de um célebre dueto interpretado...por ela só, vê lá se arrancas daí e consegues fazer play. não é fácil atenção, pôr isto a tocar é um martírio numa situação de apatia. segue o Dueto:

http://www.youtube.com/watch?v=ZsooGR166Gk (http://www.youtube.com/watch?v=ZsooGR166Gk)
Catarina a 4 de Março de 2013 às 18:16


Vou seguir. Mas em casa que aqui não tenho flash :). De resto, gosto de ser rigorosa. Ainda bem que me achaste rigorosa.Image
Cat2007 a 4 de Março de 2013 às 18:40

muito bem exposto!
Mas devo dizer que a apatia e bem melhor que a furia, o ódio e a desconfiança... a apatia é um lugar bem menos negro... no qual às vezes se consegue ver luz.
Sara a 4 de Março de 2013 às 23:30

 Talvez seja verdade. Mas eu prefiro a fúria ou a raiva. Ao menos uma pessoa sente-se viva.
Cat2007 a 9 de Março de 2013 às 22:52

Pois... percebi isso hoje!
Sara a 10 de Março de 2013 às 03:08

Sim. Falámos sobre isso.
Cat2007 a 10 de Março de 2013 às 12:10

no entanto há mais probabilidade da apatia ser fértil do que a fúria. o apático pode estar a mil à hora por dentro e mais tarde ou mais cedo acorda. a fúria não acorda, desgasta. a pessoa sente-se viva mas desgastada. no thanks. e raramente alguém quer alguma coisa com as "nossas" fúrias. a fúria é uma solidão estéril. pronto.
Catarina a 11 de Março de 2013 às 13:25

E se a fúria for uma das diversas componentes da apatia. Uma furia em tal estágio que se encontra calada mas que contribui para a dor do apático? Não sei. É só uma hipótese. Encaro a apatia como o resultado de um conjunto de coisas levadas ao seu extremo. Ao ponto em que se trasnfiguram e só fica a apatia. Não sei.
Cat2007 a 11 de Março de 2013 às 15:43

ou isso que dizes ou então a consequência exausta de muitas fúrias que não foram dar a lado melhor. cansaço e zanga acumulada às vezes dá para baixar os braços, sobretudo depois de marés de fúria, desconfiança, raivas, matutanços em looping. eventualmente poderia ser de uma apatia dessas que começariam a nascer soluções razoáveis para o que nos enfureceu antes em vez de mais fúria. a apatia pode parecer até um balão que esvaziou....fica a probabilidade de o voltar a encher gradualmente sem voltar a deixar que rebente. e há tb a hipótese da apatia não ter serventia nenhuma, dessa duvido hiperbolicamente. (isto é um paleio da tanga mas suspeito que é isto mesmo)
Catarina a 11 de Março de 2013 às 16:08

ImageSó posso falar da minha experiência... mas das minhas apatias, que geralmente eram acompanhadas de reflexões profundas vieram alterações de padrões de comportamento, que têm servido de muito.
As furias são apenas reacções ao momento... e não acções... são apenas repetições de padrões redundantes e falhos na grande maioria das vezes. Se o mesmo quizer no maximo as furias são seguidas de momentos de reflexão, muitas vezes apaticos... e talvez esses tenham possibilidade de alterar, de facto, algo para melhor.
Sara a 12 de Março de 2013 às 15:40


Estamos a falar de estados extremos. A furia extrema e a extrema apatia. Penso que de facto a furia extrema não cabe ou não desemboca na apatia extrema. Penso que continuamos a não concordar.
Cat2007 a 12 de Março de 2013 às 18:05

Pois. Mas eu perfiro as pequenas fúrias às grandes apatias que permitem elevadissimas reflexões. :)
Cat2007 a 12 de Março de 2013 às 18:08

Pois eu hoje só me apetece é deitar, dormir e não sentir nada!
Sara a 12 de Março de 2013 às 20:36

Também compreendo isso muito bem.
Cat2007 a 15 de Março de 2013 às 10:54

Image
Sara a 15 de Março de 2013 às 15:37

Concordo! A 200%!
Sara a 12 de Março de 2013 às 15:34

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Viver é respirar, de acordo. E continuo a insistir...
É verdade, a coragem é uma das coisas mais importa...
Também não acredito nisso...se é que alguma vez ac...
Com muita calma e paciência tudo se começa! 
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


blogs SAPO