CAFÉ EXPRESSO

Novembro 18 2013

 

 

Até há pouco tempo eu planeava os temas a partilhar em cada sessão de psicoterapia. “Hoje vou falar disto”. E assim fazia. Não é difícil dominar uma sessão se começarmos a falar do início das nossas experiências sexuais, do que sentíamos. Dos nossos pais quando eramos pequeninos. Quantas vezes nos deram colo, etc. Tratava-se de uma forma de tentar evitar a todo o transe de mostrar o meu lado negro. Que a aparecer, poderia acabar com aquela relação de afeto. Uma psicoterapia baseia-se numa relação de afeto entre o paciente e o médico. E o meu médico podia deixar de gostar de mim por afinal vir a descobrir que eu sou uma pessoa muito má. Andei com esta fantasia na cabeça durante todo o tempo em que estive com o meu médico, que morreu, e mais algum do que tenho vindo a empregar com a médica que o substituiu.

 

Até que percebi que o meu lado negro já se apresentou a toda a gente. E não mete medo a ninguém. Sobretudo, não me mete medo a mim. Talvez por isso tenha acabado por decidir naturalmente deixar-me de manipulações e também de perder o medo de ficar bloqueada em silêncio. Uma pessoa bloqueada em silêncio, se é voluntariosa como eu, pode facilmente ser apanhada com uma pergunta certeira que não imagino qual seja. Apanhada no lado negro. Pode sair um bocadinho do lado negro. Bom, mas como disse, acordei e já dei com o lado negro. Não mete o respeito suficiente para se excluída de coisa nenhuma.

 

Por isso agora estou noutra atitude. Vou a caminho de lá e pensando sobre as coisas que vou vendo. Rabos. Olho imenso para o rabo das pessoas. Fascinam-me rabos grandes especialmente. E dos homens em particular. Um rabo grande ocupa-me vinte minutos de pensar. Olho para rabos mas não é com desejo ou repulsa. Não ligo a rabos bonitos. E tenho curiosidade sobre os feios. Faz-me pensar no que foi preciso fazer para chegar aquele ponto, o estilo de vida da pessoa, se tem filhos, como se sentirá na praia, se não se importa minimamente, como é com os namorados. Enfim, há gostos para tudo.

 

publicado por Cat2007 às 18:37
 O que é? |  O que é? | favorito

enquanto não se atravessa essa fronteira, não se sai da cepa torta, é ou não? e suspeito uqe um psicoterapeuta jamais servirá para impressionar...ou deixa de o ser, é ou não?  
Catarina a 18 de Novembro de 2013 às 21:39


É exatamente assim.
Cat2007 a 19 de Novembro de 2013 às 11:28

e plo teu paleio no post tb se fica com a vaga ideia de que poderás ter um rabo porreiro, não sei.
Catarina a 19 de Novembro de 2013 às 12:16

Talvez tenha. Mas não me fica bem dizer isso. De qualquer modo, devo dizer que não é grande. O que é um conforto.
Cat2007 a 19 de Novembro de 2013 às 16:12

um conforto ou um confronto? (se continuarmos por aqui fora, haveremos de chegar ao brilhantismo e à perfeição da graçola "malucos do riso" o que me deixa satisfeita e compensada)
Catarina a 19 de Novembro de 2013 às 16:31

afinal decidi avançar já para a perfeição malucos do riso, olha aqui: Rabo!
aaaaaaaaaaaaaaahahahahahahaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhahahahahaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahahahahahahahaaaaaaaaaaaa
Catarina a 19 de Novembro de 2013 às 16:34

pronto, parou o disparate. mas um homem com um rabo grande e gordo não costuma ser designado pelo "badocha" ou isso é outra cena qualquer?
Catarina a 19 de Novembro de 2013 às 16:36

Há homens com o rabo grande que não são gordos. O Diogo Infante é um exemplo.
Cat2007 a 19 de Novembro de 2013 às 17:19

ehla! eu sei lá falar disso. eu nem sei falar, calha bem. que desagradável essa imagem credo.
Catarina a 19 de Novembro de 2013 às 17:26


Seja lá como for, eu tenho razão.
Cat2007 a 19 de Novembro de 2013 às 17:58

Você está procurando por ajuda sobrenatural para ajudá-lo a encontrar um homem que realmente te ama ou você quer para você ex-amante por todos os meios? Estou aqui para ajudá-lo ... Basta entrar em contato comigo neste email alagbaishuru@gmail.com ... Lembre-se, eu estou fazendo isso de forma gratuita
alagbaishuru a 10 de Março de 2014 às 04:10

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
há "sinais" que não devemos negar :D
Se o tédio estiver instalado numa relação, então é...
o tédio pode estar na própria relação... ou não?
No entanto, de facto, não associei. Ninguém é infi...
achei graça foi associares a tua infidelidade ao t...
Já tinha saudades de ler o seu blogue.
Ok. Obrigada, querida.
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30


blogs SAPO