CAFÉ EXPRESSO

Março 27 2008

 

 

Exitem várias versões da estória. Mas o elemento comum a todas é o fim. No fim, Narciso morreu no limite de um longissimo exercíco de auto-contemplação extasiada. Abdicou do resto para além de si. Da vida. Morreu de lindo que se via. De lindo que se julgava. Não comeu. Não dormiu. Não fez mais nada para além do dia em que viu o seu próprio reflexo, e se encantou.

 

Todos percebemos que beleza que justifique isto não existe. Por um lado, não existe porque não existe. Porque a beleza é nada para além de um conceito altamente subjectivo. Quem acha, acha. Quem não acha não acha. Para o mesmo. Narciso só achava que era a mais bela das criaturas. Qualquer um de nós poderia sempre discordar sentidamente dele. Por outro lado, ainda que existisse o que não existe, subsiste o sentido que não faz a obsessão do indivíduo por si próprio (recuso-me a chamar a isto amor) ao ponto de lhe consumir a alma e a vida.

 

Simplificadamente, o narcisismo consiste na incapacidade de ver e sentir as realidades que transcendem a individualidade. O seu fundamento reside numa profunda falta de afecto. A necessidade obriga à concentração do ser sobre si mesmo. Porque está concentrado em si, o sujeito observa demasiadas vezes o seu reflexo. Ora, o reflexo é apenas uma imagem superficial do ser. É a ela que o narcisista está preso. Por isso, só desce nas profundezas da água quando deixa de ser e de sentir. Quando morre. Submerge. E vai ao fundo. Só quando morre, e já nada faz sentido. Até lá, até ao fim, sofre. Muitíssimo!

 

publicado por Cat2007 às 20:48
 O que é? |  O que é? | favorito

Tenho ouvido algumas bandas do Uruguai e da Argentina ultimamente. Seu texto me remete a uma música do "cuarteto de nos" chamada "me amo".

Me encanta mi aspecto
de hombre tan perfecto
yo soy lo más grande que hay.
Ni de sabios ni de viejos
acepto consejos
mi único rival es el espejo.

A la luna me gustaría ir
para ver como es el mundo sin mi.
Me amo, como la tierra la sol.
Me amo, como Narciso soy
Me amo, dibujé un corazón
que dice "yo y yo"
Me amo.

Tengo tantas chicas
hermosas y ricas
pero ninguna es digna de mi.
Por eso no ando dejando corazones rotos,
me masturbo mirando mi foto.

Y aunque yo no creo en ningún dios
rezo para que no haya reencarnación.

Me amo, como la tierra la sol.
Me amo, como Narciso soy
Me amo, dibujé un corazón que dice "yo y yo"
Me amo.

Yo me llevo solo bien conmigo
Yo del mundo soy el ombligo
De mi vida yo hablo mucho
Y cuando me hablan yo nunca escucho.
Soy de mi propia secta
Soy mi pareja perfecta
Y si, yo soy así:
propongo un brindis por mí.
Lee a 28 de Março de 2008 às 23:44

Estes tipos são geniais! Pergunto-me em quem estariam a pensar. Ou seja, a quem será dedicada esta musica?
Cat2007 a 1 de Abril de 2008 às 19:55

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Viver é respirar, de acordo. E continuo a insistir...
É verdade, a coragem é uma das coisas mais importa...
Também não acredito nisso...se é que alguma vez ac...
Com muita calma e paciência tudo se começa! 
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


blogs SAPO