CAFÉ EXPRESSO

Junho 26 2012

 

 

 

Não quero voltar a falar aqui da minha mãe se for para estar a dizer coisas sobre como foi, o que passou, como me sinto, e por aí. Não quero falar da minha dor e sobretudo não quero sequer chegar perto da dor dela. O luto nos blogs devia ser ilegal. Assim como a devassa da vida privada é ilegal se for cometida por terceiros. Quando é o próprio ou outro diretamente interessado a levar a coisa a público, a devassa da vida privada é só chocante. O que não é pouca coisa, de qualquer modo.

 

A responsável pela Equipa de Cuidados Paliativos do Hospital de St.ª Maria, pessoa que aliás passou a merecer o meu maior respeito e estima, perguntou-me a dada altura se eu tinha filhos. Ao que eu respondi a disparar: "filhos? Não! Eu sou contra filhos".

 

Para o que agora importa, os pais conhecem os filhos um por um. E dentro de cada um, cada peça daquilo que importa nos filhos: os traços fundamentais do caráter e da forma de estar. Basicamente, sabem sempre se os filhos estão bem ou mal e até têm pressentimentos sobre o tema.

 

Já os filhos lembram-se pouco de olhar para os pais como indivíduos independentes e por isso  pouco têm para dizer sobre eles. À parte, claro dos sempre tocantes traumas infantis que contam a toda a gente e que, bem vistas as coisas, justificam todos os afastamentos e, no fim da linha, a própria inscrição dos pais num lar de terceira idade. 

 

É claro que não me  reconheço neste quadro. Mas estava para aqui a pensar nela e dei por mim a ser travada nos pensamentos. Por exemplo, ainda não consegui perceber se, no balanço, a minha mãe foi ou não feliz. Ora isto, além de angustiante, é ridículo. Sempre é a pessoa que eu mais amava nesta vida.

 

Tema fechado, importa dizer por fim que a minha mãe vivia no convencimento de que tinha uma filha bonita. Não sei se sou tanto como ela parecia achar. Ou se sou exatamente como ele de facto achava. O que sei é que fico infinitamente mais gira quando vou à praia. E ainda não fui este ano. Assim, vou mantendo o meu clássico ar deslavado tipicamente holandês que nem as holandesas chegam a ter, creio. Ou seja, a minha mãe, se estivesse aqui haveria de dizer: "credo, estás tão branca! Não vais à praia?". Sempre preocupadas com os filhos, as mães. Não é?

 

 

publicado por Cat2007 às 13:13
 O que é? |  O que é? | favorito
Tags:

ai que parva. parecia uma montanha russa mas com uma subida inesperada. tava eu a caminhar para a culpalização filhica quando TRAZ! aterro na praaaaaaia. se eu fosse tua mãe diria "credo o estafermo da rapariga parece que é parva".
suspeito que as mães não andam sempre preocupadas com os filhos, os filhos é que vivem nessa ilusão....há é outra coisa que é um estado de preocupação latente,constante, em permanência e eterno...mas, na melhor das hipóteses, não cega....também sei dos filhos que se preocupam com as mães com os pais e com os manos.
mas a resposta "sou contra filhos" é linda. Quino não se teria lembrado de melhor.
Catarina a 26 de Junho de 2012 às 16:12

Obrigada
Cat2007 a 27 de Junho de 2012 às 03:18

pelo que escreve e pelo que transmite aos seus leitores a sua mãe tinha razão: é muito bonita!
jeduardo13 a 27 de Junho de 2012 às 06:22


Pois agora é que me deixou sem resposta.
Cat2007 a 27 de Junho de 2012 às 10:48

A tua mãe tem muito orgulho na filha que tem. Não tenho dúvidas disso.
Principalmente agora que estás a deixar de fumar...e no meio de tudo, ainda consegues focar-te nos objetivos.
Não acredito que esteja a ser tarefa fácil.
Fico feliz por ti.
E o Sol...faz-nos falta...ide apanhar Sol, se faz favor.

Por aqui trabalha-se. Assim é que estou bem, sem aves na cabeça...já me disseram.
As mães têm sempre razão. É um facto.
beijinho para ti
The Gambler a 12 de Junho de 2016 às 20:46

É verdade. A minha mãe tinha orgulho em mim. De resto, vou apanhar o sol que puder . Um beijinho.
Cat2007 a 14 de Junho de 2016 às 09:07

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Sabia que fazia anos, tinham me dito, mas no meio ...
há "sinais" que não devemos negar :D
Se o tédio estiver instalado numa relação, então é...
o tédio pode estar na própria relação... ou não?
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
23

30


blogs SAPO