CAFÉ EXPRESSO

Agosto 27 2012

 

 

Estupidez quer dizer burrice. E uma burrice é uma atitude tomada sem presença de espírito (leia-se inteligência e sensibilidade), a destempo e sem propósito. Ao que acresce a grosseria ou a incapacidade, momentânea ou não, de ser civilizado -  ou seja, a má educação.

 

Não é difícil agredir as pessoas. A questão é saber porque o haveríamos de fazer. Penso que a estupidez está na essência da coisa. O facto de uma agressão não ser sentida pela potencial vítima não altera nada. A agressão faz parte do património próprio do agressor. Que, como disse, em qualquer circunstância, é estúpido ou burro. E, assim sendo, sempre mal educado.

 

Em miúda convenci-me que os vilões das histórias eram de temer por serem muito inteligentes. Foi um raio de uma ligação absurda que realizei, a qual só tem justificação pelo lado da profunda ingenuidade. De facto, é de burro o ato de tentar matar uma adolescente só porque é “mais bela do que eu “. Porque, ainda que não se acabe pessimamente, vai-se perdendo a vida aos poucos. Desaprende-se de respirar.  Já para não falar das “cenas” ridículas que se vão fazendo.

 

publicado por Cat2007 às 18:52
 O que é? |  O que é? | favorito

Sabes, eu dividiria a agressão de duas formas:
- A gratuita;
- A que tem um propósito.
Não vou discutir a gratuita, porque é de alguém simplesmente bestial (de besta).
Quanto aos propósitos podem ser dois (na minha perspectiva), independentemente de conscientes ou inconscientes:
- como defesa;
- como demonstração de poder.
A de defesa advém de um sentimento generalizado  de insegurança. Sendo ou não esse sentimento resultado de um estimulo exterior ou simplesmente resultado de uma insegurança interna (seja ela temporário ou cronica) do individuo. Em ambas as situações, o individuo esta-se a proteger contra uma ameaça (seja ela real ou não), simplesmente por sentir que está ou pode ser agredido.
A questão do poder, é uma que me horroriza especialmente e que identifico cada vez com mais frequência. A necessidade que alguns pessoas têm de sentir que podem manipular as outras, que têm poder e o quanto isso os faz sentir enormes, superiores e muitas vezes inatingíveis, insufla-lhes o ego. E por si só é razão mais do que suficiente para manipular, agredir e magoar o outro, que passa a ser apenas um meio que o egomaniaco tem para satisfazer as suas necessidades de poder. A "queda" do outro é apenas um mal necessário para atingir um fim.
É nesta ultima categoria que eu coloco os teus vilões. E sou obrigada a concordar contigo. É uma atitude de alguém que é burro (alguém sem inteligência e sensibilidade)!!! 
Sara a 29 de Agosto de 2012 às 04:03

Tens toda a razão. O post é apenas sobre a agressão gratuita. Sobre pessoas burras, logo más e cobardes.
Por outro lado, não tenho nada como a resposta direta a uma agressão. Penso que é humano. Tão humano que está previsto no Código Penal e designa-se por legítmia defesa.
Sobre o poder, creio que falas dos chamados "pequenos poderes". Neste âmbito, não existem pessoas com poder o que há é idiotas.
Cat2007 a 30 de Agosto de 2012 às 16:15


A que é que te referes com pequenos poderes?
Sara a 30 de Agosto de 2012 às 23:07


Pequenos poderes são aqueles de que falas. Pessoas sem poder nenhum que, quando têm algum, por pouco que seja, não deixam imediatamente de o exercer.
Cat2007 a 31 de Agosto de 2012 às 10:08

Mas sabes.... Eu acredito que a história está pejada de gente com poder, racionalmente inteligente, e com uma grande capacidade de oratória e magnetismo que utiliza o mesmo género de táticas de agressão (racionalmente justificadas... se é que isso se pode dizer) e é muitos casos atingem os seus objectivos. Para mim, qualquer tipo de regime é uma agressão. Independentemente de ser de direita ou de esquerda (regime fascista ou comunista). São agressões. Bem pensadas, bem planeadas, que congregaram apoiantes, que idealizaram situações.... aparentemente com boas intenções... baseados no sentimento de defesa.... numa segurança aparente e irreal.... mas que no final, culminaram em poder e controlo para aqueles que as idealizaram e agressão para todos os outros.
Achas isto pequeno?
Sara a 31 de Agosto de 2012 às 10:54

Não acho pequeno o resultado. Acho as pessoas. É claro que um vasto conjunto de idiotas no lugar certo, num lugar de poder, pode causar danos enormes. Mas na essências trata-se sempre de idiotas.
Cat2007 a 31 de Agosto de 2012 às 18:35

Concordo em absoluto!!!!   
Sara a 31 de Agosto de 2012 às 22:35

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Também não acredito nisso...se é que alguma vez ac...
Com muita calma e paciência tudo se começa! 
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Sabia que fazia anos, tinham me dito, mas no meio ...
há "sinais" que não devemos negar :D
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
29
30


blogs SAPO