CAFÉ EXPRESSO

Março 24 2017
 

Resultado de imagem para esplanada da Brasileira do chiado

 

Era uma vez eu sozinha na esplanada da Brasileira do Chiado. Quando me apercebi, já tinha dado mais de cinco euros em esmolas. E apercebi-me quando o mesmo pedinte se apresentou pela segunda vez. Até então estava muito distraída a distribuir moedas. Depois pensei que não podia ser assim. Que é materialmente impossível “dar qualquer coisinha” a cada um que nos pede. Ou seja, a todos. Assim sendo, a solução mais justa é não dar nada a ninguém. Foi o que conclui e coloquei em prática a partir dessa altura. Não obstante, fico triste quando me pedem. Além de que, pese embora a decisão tomada, sinto-me culpada por não dar. É por isso que baixo a cabeça, evitando cruzar o meu olhar com o deles.

 

Os padres dizem: “façam o que eu digo. Não façam o que eu faço”. Não sei se dizem realmente. Mas o meu pai disse que sim quando eu, em miúda, lhe perguntei se os padres pecavam. Seja como for, a frase significa que há duas formas distintas de agir. A nossa forma real de agir e aquela que não se concretiza e que tem a ver com o modo como pensamos que seria melhor atuar.

 

Num teste de inteligência emocional, que fiz há algum tempo, vinha uma pergunta sobre o tema dos pedintes. E uma das hipóteses de resposta coincidia precisamente com a minha atitude atrás indicada. Baixar os olhos. A questão é que eu não dei esta resposta. Por isso fiquei sem saber o significado da mesma.

 

De resto, fui mal avaliada nesse teste. Ou melhor, fui bem avaliada. Não tive boa nota. Porque estive sempre a responder com o que me parecia mais apropriado. Creio que em nenhuma questão respondi em consonância com os termos em que fazia as coisas. O que está mal. E daí o referido mau resultado.

 

publicado por Cat2007 às 17:15
 O que é? |  O que é? | favorito

...ou seja: não foste honesta contigo própria acabando  por induzir em terceiros, compreensíveis erros de apreciação. Assim, pergunto: a quem pode ter beneficiado um tal teste de inteligência emocional? 
Fernando a 24 de Março de 2017 às 17:37

A questão é que eu, armada em adiantada mental, resolvi achar que devia dar as respostas mais inteligentes e não contar as parvoíces que eu achava que fazia. Portanto, correu tudo ma. Obviamente o teste apenas serviu para me abalar o ego. Tive um resultado de retardada emocional. No entanto, fiz outro mais tarde e correu tudo bem. Graças a Deus.
Um beijinho, Fernando
Cat2007 a 24 de Março de 2017 às 20:48

Vou contar uma história, para começar sou da aldeia ( como diz a minha mulher ) enfim... seguindo, costumo ir a Lisboa, sempre de carro, já tive dois acidentes, não interessa nada, continuando... Um destes dias a minha querida mulher "obrigou-me" a ir de comboio, metro... Meu Deus metro, odeio! Entrei no metro, tudo me fazia confusão, as pessoas a pedir e eu sempre a dar, mas não segurei as lágrimas quando já dentro daquele comboio de baixo da terra, vi um miúdo com um cãozinho no ombro, o miúdo tocava concertina e o cãozinho com um olhar triste segurava na boca um cesto onde colocavam as moedas... baixei a cabeça e chorei durante minutos que me pareciam não ter fim. Não, disse-lhe, sei que isto existe mas eu não quero ver... ainda hoje se fechar os olhos vejo a cena.... sim, prefiro ser da aldeia...
Peti a 25 de Março de 2017 às 02:27

Comovente. Venha sempre aqui contar as suas estórias. 
Cat2007 a 25 de Março de 2017 às 07:49

Realmenteo EGO é fodido....e conduz-nos por caminhos que desejariamos mais tarde, nunca ter percorrido...
Mas bem mais interessante , curioso e vale a pena meditar é observar o que realmente mudou de um teste para 
o outro. Decerto não terá sido umas simmples virgulas ou pontos que os tornou tão assimétricos.....de qualquer modo, é sempre útil tirar a devida lição que justifica o crescimento interior. No fim....tudo acaba em bem , mesmo baixando os olhos....
Fernando a 27 de Março de 2017 às 14:07

Não sei se houve crecimento interior. Apenas resolvi ser sincera. E resultou.
Beijinho.
Cat2007 a 28 de Março de 2017 às 12:54

Qda Cat, pois eu sempre ouvi dizer, kem dá o k tem ,a pedir vem! Aki há uns bons anos atraz, um pr fazia k não tinha uma perna, não sei como, prq eu era criança, e tirava um belo ordenado à custa de kem trabalhava! Alguém o descobriu e acabou-se lhe a fartura! Eu ainda me lembro de ver o sr sentado no chão em cima de uma manta!
Aninhas a 29 de Março de 2017 às 23:52

Com efeito, há pessoas cheias de presença de espírito. É o que lhe digo, Aninhas.
Cat2007 a 30 de Março de 2017 às 11:22

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Sabia que fazia anos, tinham me dito, mas no meio ...
há "sinais" que não devemos negar :D
Se o tédio estiver instalado numa relação, então é...
o tédio pode estar na própria relação... ou não?
No entanto, de facto, não associei. Ninguém é infi...
achei graça foi associares a tua infidelidade ao t...
Já tinha saudades de ler o seu blogue.
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
18

19
20
21
22
25

26
27
29


blogs SAPO