CAFÉ EXPRESSO

Novembro 14 2016

 

Salvaguardados os mínimos de dignidade e conforto a que todo o ser humano legitimamente aspira, tudo o que as pessoas querem na vida é afeto. Mesmo que imaginem que só andam à procura de dinheiro ou de poder. É que com dinheiro ou poder (ou com as duas coisas) pode criar-se uma aparência para o próprio eu. De que se é amado. Em casa e na rua. Assim, as pessoas tornam-se demasiado ambiciosas. Porque são muito carentes.

 

É de assinalar que o grande problema das pessoas mais carentes, aquelas que procuram mais afeto, portanto as que mais buscam dinheiro e poder, é que não sabem dar afeto - é por esta razão que oferecem bens matérias ou jobs (for the boys and girls).

 

Vem a propósito falar de sexo. E a propósito de sexo, lembro um livro do Daniel Sampaio onde estava explanada, sob a forma de depoimento, a história dos afetos de um homem. Este homem, por hábito (que depois se transformou num vício) fazia muito sexo com parceiros diversos. Sobretudo em casas de banho públicas. Segundo o mesmo, o ato sexual, cada ato sexual, era um ato de amor. Era amor vivido infinitas vezes por cada uma das vezes que era praticado. Só uma pessoa extremamente carente vê e sente as coisas assim. Portanto, quanto mais viciado em sexo é um ser humano, mais carente ele se revela.

 

Mas hoje está a lua grande. Assim, é apropriado falar de amor. Amar é uma dependência. Amar é uma independência. Amar é uma dependência porque simplesmente não se concebe viver sem viver ao lado do ser amado. Se ele nos falta, ocorre como que uma ablação na alma. E é muito difícil viver com a alma incompleta. Nos casos mais graves pode-se morrer. Ou, nas situações quase tão graves, pode-se querer sinceramente morrer, o que deixa um ser humanos num estado semelhante a estar morto. Amar é uma independência apenas porque o ser humano fundido noutro ser vai para o mundo sem grandes necessidades. De afeto. Naturalmente.

publicado por Cat2007 às 20:15
 O que é? |  O que é? | favorito
Tags:

Ai o Amor e Ai a lua... vi uma lua linda.. tirei foto, mas não ficou nada boa.   Faço uma estrada de Serra, pinheiros de um lado e pinheiros do outro, monte mesmo...a lua estava linda por lá,  mas na Serra não parei, pois não tenho sítio para parar.  Não sou experiente no Amor, mas para mim um simples abraço, é prova  grande de Amor. Existem vários tipos de Amor.  Um abraço, beijos .. e alimente-se!!!!
nuno a 14 de Novembro de 2016 às 20:44

Imagino que na serra a lua seja ainda mais especial. Eu tentei tirar uma fotografia da lua aqui na cidade mas também não ficou boa.
Um beijinho.
Cat2007 a 14 de Novembro de 2016 às 23:12

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Viver é respirar, de acordo. E continuo a insistir...
É verdade, a coragem é uma das coisas mais importa...
Também não acredito nisso...se é que alguma vez ac...
Com muita calma e paciência tudo se começa! 
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
17
18
19

20
21
23
25
26

27


blogs SAPO