CAFÉ EXPRESSO

Novembro 15 2017

Resultado de imagem para medo

 

Viver é respirar. Sorrir. Andar literalmente de cabeça levantada. E de coração disponível. Viver bem não se mede, pois, pela quantidade de coisas que se faz num dia, pelas vezes que se vai jantar fora ou às artes por semana ou pelo número de viagens que se faz num ano. Viver é respirar bem. Pode ser em casa dentro do sofá a não olhar atentamente para a televisão, por exemplo. Viver também é partilhar. É por isso que digo coração disponível. Partilhar com os outros cada passo e compasso da vida. Não é preciso ser alguém especial. Basta que respire bem.

 

Na vida acontecem contratempos, contrariedades e outras coisas igualmente desagradáveis, bem como outras que são muito graves no sentido em que nos prejudicam o bom temperamento, a saúde e/ou as finanças, constituindo-se, por vezes, como factos traumatizantes. Na sequência do trauma, quando existe, há pessoas que ficam medrosas.

 

Um amigo indicou-me certa vez os efeitos do medo numa síntese tão perfeita que não consigo reproduzir agora aqui, embora gostasse muito. No entanto, sei, como toda a gente sabe, que o medo paralisa.

 

Só que, na verdade, o medo não paralisa. O medo faz com que se ande no sentido contrário àquilo que faz medo. Assim, as pessoas fogem. E, fugindo, nunca chegam a saber dos reais contornos do que temem (não sabem que muito provavelmente pouco ou nada têm a temer). Mas quando as pessoas fogem, para além deste ato, praticam outros que são de autoproteção. Normalmente, isolam-se para, imaginam, não estarem expostas. E assim o medo provoca a abstinência e a abstenção. Talvez seja por isto que se diz que o medo paralisa. Mas, como se verifica, é só uma fórmula para simplificar.

 

Acresce que o medo tem um caráter infecioso. Não basta ao medo o medo de uma determinada coisa. O medo tem tendências para se espalhar e instalar. Assim, o sentir passa a ser abstrato. Tem-se medo sobre nada de muito concreto. Apenas, face a este ou aquele constrangimento do dia-a-dia, se antecipa que algo de mal vai acontecer e fica-se com medo. Fica-se doente.

 

Seja como for, creio que é natural ter medo em certas circunstâncias. Anote-se que não há pessoas corajosas sem medo. E a coragem é uma característica muito importante porque faz o ser humano subir de nível. Alterar a forma do seu espírito. É também certo que a coragem depende da Fé.

 

publicado por Cat2007 às 16:52
 O que é? |  O que é? | favorito
Tags:

É verdade, a coragem é uma das coisas mais importantes da vida. Gostei do texto! ImageImage
Sérgio Ambrósio a 15 de Novembro de 2017 às 18:16

Viver é respirar, de acordo. E continuo a insistir no Rynomair
Catarina a 16 de Novembro de 2017 às 10:39

Gostei, esta bem explicado.
Bruno a 25 de Dezembro de 2017 às 12:07

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Gostei, esta bem explicado.
Boa tarde*,Venho por este meio contar a minha simp...
Boa tarde,
Viver é respirar, de acordo. E continuo a insistir...
É verdade, a coragem é uma das coisas mais importa...
Também não acredito nisso...se é que alguma vez ac...
Com muita calma e paciência tudo se começa! 
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
29
30


blogs SAPO