CAFÉ EXPRESSO

Abril 25 2016

 

Sobre o 25 de abril, o que mais me marca é o facto de o meu pai ser contra. Foi toda a vida e nunca mudou de opinião. Como o meu pai me marcou a vida toda (e ainda marca, felizmente), o meu processo de compreensão do fenómeno foi um tanto complexo.

 

Lembro-me de estar na escola no próprio dia dos acontecimentos. Era muito pequenina. Fui lá deixada pelo meu pai. À porta do colégio. Tiveram que mandar chamar alguém para me remeter a casa. À noite, quando ele chegou, ficou histérico com o facto.

 

Mais tarde, já na escola preparatória, uma professora qualquer mandou-nos fazer um trabalho sobre o 25 de abril. Fui questionar o meu pai. Fui entrevista-lo para o trabalho. “O 25 de abril foi a pior coisa que aconteceu ao nosso país!”. Foi assim lapidar. Recordo que foi aí que comecei a discordar dele. Todos os meus entrevistados tinham dito que o 25 de abril “foi o melhor que nos aconteceu”. Aquela professora qualquer também achava o mesmo e os meus coleguinhas estavam convencidos. Comecei aí a tentar pensar pela minha cabeça.

 

Não me lembro de nada da ditadura. Só sei o que li nos livros e vi na televisão. O que me basta. Não sei se atualmente somos livres para ser e dizer. Mas somos mais livres. Não sei se existe a democracia a que se refere o princípio constitucionalmente consagrado. Mas existe mais do que antes. Há muitas coisas mal enquadradas, mal encaixadas, mal estruturadas. Existe uma liberdade e uma democracia que não bastam. Mas antes era bem pior. Por isso eu agradeço que o fenómeno tenha acontecido.

 

Sinto que estou para aqui a falar como se estivesse a tratar de um acontecimento pessoal. Mas não sei se está mal assim. O 25 de abril, como acontecimento coletivo de índole político-social, respeita à nossa coletividade de cidadãos mas projeta-se inelutavelmente na esfera de cada um de nós. O 25 de abril é por isso um fenómeno individual. Se não fosse pelo 25 de abril, eu nem sequer tinha este blog.

 

publicado por Cat2007 às 13:59
 O que é? |  O que é? | favorito

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Com muita calma e paciência tudo se começa! 
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Sabia que fazia anos, tinham me dito, mas no meio ...
há "sinais" que não devemos negar :D
Se o tédio estiver instalado numa relação, então é...
Posts mais comentados
140 comentários
122 comentários
122 comentários
106 comentários
82 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
28
29
30


blogs SAPO