CAFÉ EXPRESSO

Novembro 14 2016

 

Salvaguardados os mínimos de dignidade e conforto a que todo o ser humano legitimamente aspira, tudo o que as pessoas querem na vida é afeto. Mesmo que imaginem que só andam à procura de dinheiro ou de poder. É que com dinheiro ou poder (ou com as duas coisas) pode criar-se uma aparência para o próprio eu. De que se é amado. Em casa e na rua. Assim, as pessoas tornam-se demasiado ambiciosas. Porque são muito carentes.

 

É de assinalar que o grande problema das pessoas mais carentes, aquelas que procuram mais afeto, portanto as que mais buscam dinheiro e poder, é que não sabem dar afeto - é por esta razão que oferecem bens matérias ou jobs (for the boys and girls).

 

Vem a propósito falar de sexo. E a propósito de sexo, lembro um livro do Daniel Sampaio onde estava explanada, sob a forma de depoimento, a história dos afetos de um homem. Este homem, por hábito (que depois se transformou num vício) fazia muito sexo com parceiros diversos. Sobretudo em casas de banho públicas. Segundo o mesmo, o ato sexual, cada ato sexual, era um ato de amor. Era amor vivido infinitas vezes por cada uma das vezes que era praticado. Só uma pessoa extremamente carente vê e sente as coisas assim. Portanto, quanto mais viciado em sexo é um ser humano, mais carente ele se revela.

 

Mas hoje está a lua grande. Assim, é apropriado falar de amor. Amar é uma dependência. Amar é uma independência. Amar é uma dependência porque simplesmente não se concebe viver sem viver ao lado do ser amado. Se ele nos falta, ocorre como que uma ablação na alma. E é muito difícil viver com a alma incompleta. Nos casos mais graves pode-se morrer. Ou, nas situações quase tão graves, pode-se querer sinceramente morrer, o que deixa um ser humanos num estado semelhante a estar morto. Amar é uma independência apenas porque o ser humano fundido noutro ser vai para o mundo sem grandes necessidades. De afeto. Naturalmente.

publicado por Cat2007 às 20:15
 O que é? |  O que é? | favorito
Tags:

Setembro 11 2016

Resultado de imagem para com muito amor

Quando começo aqui, sucede-me amiúde vir sem saber o que dizer. As coisas vão surgindo ao ritmo a que escrevo. Devo dizer que escrevo depressa. Ocorreram-me agora algumas ideias que queria partillhar sobre o livro que para aqui ando a publicar diariamente. Mas não vou por aí. Senão isto fica tudo a mesma coisa. Livro e posts sobre o próprio.

 

Ontem fui à Bela. Com isto farto-me de poupar dinheiro. De qualquer forma, estou quase a ir fazer uma visita à Guida da LP das Amoreiras. Porque estou a precisar de um corte. A Bela voltou a dizer-me que me trata o cabelo “com muito amor”. Mas que raio quer ela dizer com isto do muito amor? Mabe she is an easy lover. Não sei. Porém, é certo que com muito amor arranjava eu as golas das camisas que a minha mãe tinha vestidas em cada dia. Porque ela era um bocadinho desaprumada.

 

A este propósito, recordo que, quando advogava, tive uma cliente que numa semana já queria ser a minha melhor amiga. E em duas já dizia que éramos irmãs. Não que com isso tentasse não me pagar os honorários. Era uma mulher honesta. Apenas era carente e alugava a minha atenção a toda a hora. O que me fez chegar a um ponto em que tive de deixar de a atender. Porque estava por demais saturada de a tratar “com muito amor”.

 

Lá está. Este tipo de declamação de afeto é apenas isso. Uma declamação. Na verdade, as pessoas estão demasiado ocupadas a tentar preencher os seus vazios para sequer olharem com atenção para alguém. Quanto mais gostar como acreditam que gostam.

publicado por Cat2007 às 19:25
 O que é? |  O que é? | favorito
Tags:

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"
pesquisar
 
stats
What I Am
comentários recentes
Com muita calma e paciência tudo se começa! 
Mas a questão é que, antes de se preocuparem com o...
yah, a quantidade de construções emocionais que nã...
Sabia que fazia anos, tinham me dito, mas no meio ...
há "sinais" que não devemos negar :D
Se o tédio estiver instalado numa relação, então é...
posts recentes

CARÊNCIA

COM MUITO AMOR

Posts mais comentados
2 comentários
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


blogs SAPO