Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

PENSAR


Cat2007

09.08.19

Imagem relacionada

 

PENSAR é sair para sintetizar a realidade (que é, como sabemos, complexa), a qual nos invade através dos cinco sentidos. Trata-se de um processo de reequilíbrio permanente entre o ser e o (resto do) mundo, portanto. Uma vez cumprido este desiderato (reequilibrarmo-nos), é fundamental regressar. Porque faz mal pensar demais. E demais situa-se para lá do que é possível construir com jeito e que tem a necessária utilidade para nós perante a vida.

 

VIDA DE CAMA


Cat2007

02.08.19

Resultado de imagem para flores murchas

 

A propósito de flores estioladas, estava a pensar que a vida sempre me correu muito bem em determinado aspeto dela. E que ali sou como sou nos demais. Aspetos. Falo de autenticidade e entrega. Na cama. Pois claro. E, então, confesso que a vida nem sempre me correu muito bem. Nos contextos que correm por fora daquele. Convencida de que as pessoas também, como eu disse que sou, são no resto da vida como estão na intimidade, percebo a razão pela qual encontrarmos alguma gente tão estranha na cama. É porque, enfim, a sociedade corrompe (Rousseau).   

 

O HÁBITO FAZ O MONGE


Cat2007

31.07.19

Resultado de imagem para hábito de monge

 

O hábito faz o monge na medida em que o convencimento, a convicção, é muito importante para o desempenho de determinados papeis. Estamos, pois, no campo do parecer sem ser. No âmbito das representações. Há pessoas que passam a vida a representar e isso faz com que se sintam profundamente (na medida da profundidade que é possível) gratificadas com os papeis que vão desempenhando. Assim, por exemplo, são os incompetentes. Com efeito, há gente não capaz que assume tarefas que jamais poderá executar devidamente. Bem o sabendo. Quando se atribui um pouco de poder a pessoas assim, levantam-se imediatamente cortinas de fumo que servem para esconder os contextos altamente desorganizados que se criam e, logo por isso, extremamente complexos. Assim se explica o desentendimento que nós temos relativamente a muitos (maus) sistemas que integram o contexto mais vasto que engloba todas as coisas. E que, por isso, vai apodrecendo.  Enfim, o hábito faz o monge porque, ao que parece, hoje em dia, o que conta, em certos (muitos) sistemas, é o que parece.

 

FLORES


Cat2007

17.07.19

 

Resultado de imagem para flores

 

Estou um bocado chateada com as plantas e as flores do canteiro lá de fora. Estão mortas. Mais de metade. E as outras têm muito mau aspeto. O que é gravíssimo se estamos, como estamos, a falar de flores. Pela promessa de beleza e de um pouco de oxigénio.

 

OS LADOS


Cat2007

11.07.19

Resultado de imagem para dois lados

 

Aprendemos nos clássicos que há dois lados. O do bem e o do mal. Deus e o Diabo, por exemplo. O herói e o vilão, por exemplo. Aprendemos, enfim, coisas que não são verdade. As pessoas têm de bom e de mau, pelo que o bom e o mau estão do mesmo lado. Aliás, não há o mesmo lado porque não há dois lados, mas um contexto complexo único. Seja como for, dos clássicos retira-se ainda, e é verdade, que a reação é a resposta à ação. Dito isto, declaro que não percebo o motivo pelo qual há pessoas que, não sendo pagas para isso, fazem mal a outras sem estarem a responder a nada que estas lhes tenham feito ou aos seus.

 

ESQUINAS


Cat2007

05.07.19

 

 

Hoje em dia, sou como estou. E é por isso que não encontro em cada esquina um amigo. Assim como não sou encontrada ali à esquina. Na verdade, não procuro. Nem sou procurada. Eu não gosto nem desgosto das pessoas. Em princípio, gosto de toda a gente. Mas, naturalmente, há pessoas de quem realmente gosto. São aquelas que consigo perceber quando olham, falam ou fazem gestos ou sorriem ou deixam de sorrir. Quando vivemos no mesmo mundo, falamos a mesma linguagem. E isto é tudo o que vale a pena. 

 

OS PALHAÇOS


Cat2007

05.07.19

 

Resultado de imagem para palhaços circo

 

Sobre os palhaços, tenho a dizer que nunca fiquei propriamente deprimida com as respetivas aparições e representações. Quando era pequena, não me ria com os textos, mas ficava muito entretida a ver as roupas e as pinturas. Em adulta, nada me prende, pelo que os ignoro.

 

OLHA QUE COISA MAIS LINDA


Cat2007

26.06.19

 

Resultado de imagem para coisa mais linda netflix

 

Uma pessoa pensa em sol, praia e bossa nova e só quer apresentar a demissão. Ontem fiquei até demasiado tarde a ver a “Coisa mais linda”.  Por algum tempo, esqueci o meu compromisso com o gabinete e os papéis. Valeu ter dormido tão pouco. Mesmo que agora tenha de sambar. 

 

EXPERIÊNCIAS DESNECESSÁRIAS


Cat2007

19.06.19

Resultado de imagem para villanelle no hospital

 

Há experiências na vida que são perfeitamente desnecessárias. Lembro-me de ser bastante pequena quando o meu irmão, dois anos mais pequeno, partiu um braço. Como eu adorava acompanhar o meu pai para todo o lado, solicitei-lhe em prantos que me levasse também para o hospital. Durante o tempo de espera, experimentei a (péssima) energia própria do estabelecimento. Trazida pelas diferentes pessoas que iam girando para trás e para a frente. Umas doentes e outras com cara disso, apesar de estas últimas serem cuidadores ou prestadores de cuidados de saúde. Também achei que vi passar pessoas mortas. Porque estavam, de olhos fechados, deitadas em macas. Enfim, o que vi talvez não correspondesse exatamente à realidade. No entanto, a energia... Como se sabe, as crianças, mesmo que, para ver a vida, usem lentes de aumentar ou diminuir, são muito sensíveis à energia das outras pessoas. Muito mais do que os adultos. No fundo, as crianças são como os cães – por exemplo, ao meu cão sucede não gostar de certas pessoas e simpatizar com outras sem motivo aparente. Portanto, a energia era, de facto, péssima. E esta impressão atingiu-me de tal forma, que andei por alguns dos anos seguintes da minha vida a tentar evitar sequer passar ao pé de estabelecimentos do género. Dito isto, repito, então, que há experiências na vida que são perfeitamente desnecessárias.

 

AMIGOS


Cat2007

17.06.19

Resultado de imagem para abraço de amizade

 

A experiência é fundamental para se perceber bem de que forma são as coisas da vida. E isto sem ser necessário experienciar tudo. O que também não seria possível. As coisas são por grupos. Por temas, melhor dizendo. A amizade, por exemplo, é reconhecidamente um tema.

Quando era pequena, e até ao fim da adolescência, pensava que todos os meus amigos eram meus amigos. Depois percebi que só alguns amigos é que eram meus amigos. Até que finalmente conclui que há amigos verdadeiros que deixam de o ser porque acaba o querer baseado na visão a dois, que cedeu. E, a final, ficam os verdadeiros amigos. Acredito que cada pessoa tem para si um destes. De outro modo, lamento muito.

 

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.