Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

A CIGANA DA CASA DA MOEDA


Cat2007

04.09.13

 

Andava a vender utilidades às pessoas que passam no jardim ao pé da Casa da Moeda. Naquele dia à hora de almoço eu estava ali sozinha e apetecia-me conversa. Por isso paguei 30 € por uns Ray Ban evidentemente falsos e por uma pulseira feia. Acredito que devemos pagar por aquilo a que atribuímos valor. E eu precisava de conversar. Há dias assim.

 

Graças às mensagens dos meus olhos consegui retê-la para além do tempo em que demorámos a fazer a transação. Falou-me logo abertamente da infelicidade a que se resumia toda a minha vida. Era inveja. Disse coisas assustadoras. Tinha poderes para ver tudo de mim através dos meus olhos. Eu ia dando graças a Deus por isso. Já estávamos sentadinhas no banco de jardim. Era boa a sensação.

 

Claro que ela queria 1000€ para me salvar. Mas isso não me incomodava. Perguntei se por acaso ela era feliz. Encheu o peito e disse que sim a sorrir radiosa. Depois, não sei porquê, revelou-me que os seus poderes não podiam ser usados em proveito próprio. Pois claro.  Eu achei que ela devia ter um casamento infelicíssimo. Vi nos olhos dela.  

 

De qualquer forma, informei que não tinha 1000€ para lhe dar. Não acreditou. Por isso continuou a conversar comigo. Esteve aliás a falar comigo até se convencer que não dava mesmo. Nem dinheiro, nem joias. Foi quando me abandonou. Pelo meio ainda lhe perguntei se sabia ler a sina. Disse-me que não. Só os olhos. Fiquei desmoralizada.

 

Há dias em que nos sentimos mesmo mal.

 

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.