Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

A MINHA VIDINHA


Cat2007

29.03.09

 

 

 

Ontem fui ao Meco para ver se ía à praia. Tenho esta mania. Aos sábados os judeus descansam, eu vou para o Meco passar o dia todo (até à noite negra). Em termos latos, não se pode dizer que não tenha mesmo ido, mas, tecnicamente, não fui. Basicamente, tive que fugir daquela esplanada com vista para o mar porque fiquei com os ouvidos cheios de areia.

 

Uma hora depois estava nas Amoreiras a comprar o bilhete para ver o novo filme da Julia Roberts: "Duplicity". Ao intervalo estava de saída. Deste modo, não vale a pena acrescentar mais nada.

 

Por outro lado, se todas as pessoas tivessem o mesmo senso de humor, era excelente. Excelente para mim, que tenho imenso sentido de humor, e desejava que toda a gente compreendesse isto. Mas não. Acho que há diversos tipos de sentido de humor. Claro, provavelmente, não é o mesmo humor. Não temos todos o mesmo sentido de humor. É uma pena, insisto. Por exemplo, há quem se ria imenso com as piadas dos "Malucos do Riso" (SIC). Pessoalmente adoro o "Boston Legal" (Fox Crime) e a "Anatomia de Grey" (Fox Life).

 

É engraçado, eu que achava que não existia o filme favorito, a música favorita, o actor favorito, a série favorita. Acreditava que as pessoas só diziam estas coisas para se sentirem, e sobretudo, se mostrarem "special". E continuo a acreditar, de resto. Mas afinal, sempre  tenho que reconhecer que existem as séries favoritas.

 

Por falar em artes, estive a ouvir a Sherley Bassey (é um disquinho que tenho aqui). Um bocado metálica, a voz dela, concedo. No entanto, poderosa no ponto certo para me emocionar com "The greatest Peformance of my life" e "This is my life". Ninguém pode cantar estas duas coisas melhor do que ela. Já o "What's now my love" fez-me sentir saudades do Sinatra.

 

Nunca mais rodei os meus discos do Sinatra. Isto é grave. Estou-me a afundar. Literalmente. Não por causa do Sinatra, mas pela música que já me esqueço de ouvir. A música muda a vida das pessoas in a daily basis. Estou lixada, portanto... por enquanto e momentaneamente.

 

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub