Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

DORES DO CRESCIMENTO


Cat2007

06.05.09

 

 

Vem-me à memória o meu blog como uma daquelas lembranças que se tem de alguém de quem se gosta muito, mas nunca consegue arranjar tempo para visitar. Pois esta é a minha estranha forma de afecto que me faz misturar cães, gatos e coisas diversas com pessoas. É como se tivesse tudo o mesmo valor afectivo, em determinados aspectos. E, em determinados aspectos, tem mesmo. Penso sempre muito na minha mãe (mais do que no meu pai, em quem penso sempre de um modo interrogativo - que ele verdadeiramente não merece). Também me lembro de um ou dois amigos de quem gosto muito. Tenho saudades dolorosas do meu cão. E sinto-me em falta com o blog. Faz sentido esta mistura. Tem tudo a ver comigo. Acho que estou particularemente carente e insegura. Porém, isto também não é exactamente uma novidade. Não tenho vindo ao blog pela mesma razão que não vou a lado nenhum, a não ser aos sitios e pessoas a que sou obrigada. Não tenho tempo.

 

Quando não tenho tempo significa que tenho muitas coisas para fazer. Coisas que também não faço. Quando algo me impõe o fazer, tento não fazer nada, mas não tenho moral para fazer o resto, que não é imposto, dá prazer, mas não pode ser agora. Portanto, quando não tenho tempo. porque tenho muias coisas para fazer, tento imediatamente entrar em greve de zelo, e não fazer absolutamente nada. Claro que a minha greve de zelo é diferente das greves de zelo normais. Normalmente, produzo imenso. Mas só numa área. Na área mais crítica. Só nesta. E assim se compreende a minha presente angústia. As outras imposições estão descuradas, e nem sequer aproveito o tempo que não devia ter para fazer o que seria bom para mim. Logo, estou carente.

 

Então, a minha angústia é o meu combustível. Angustiada consigo deixar para trás a teimosia de não fazer para cumprir o dever, que é nitidamente uma teimosia de carácter masoquista (não é por acaso que faço psiocoterapia, certamente). Agora já vou fazer ao mesmo tempo tudo o que tenho para fazer. Depois, esqueço de novo as obrigações e dedico-me apenas aos meus prazeres para deixar de estar carente. Em suma, nunca mais cresco. Mas, enfim, tenho tempo.

 

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub