Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CHUNGARIA


Cat2007

15.07.12

 

 

 

Muitas vezes fico a olhar parada para a parede. Gosto de olhar para paredes desocupadas. Para pensar. Em tudo o que não percebo muito bem. Se forem brancas melhor. Há menos perturbação. Assim, ali fico então a pensar.

 

Claro que isto não é coisa boa. Pelo menos, Não servirá para grande coisa. Um destes dias, enquanto olhava para uma parede, conclui que muitas conclusões a que chego seriam mais fáceis de alcançar se não pensasse tanto. Há qualquer coisa de adiantada mental, freak control e complicativo em mim. Nunca me fio no óbvio. Quando afinal a maior parte das coisas são mesmo o que parecem. Por exemplo: o Relvas parece ou não parece um corrupto? Parece. Então se parece é porque é. Além disso, aquelas expressões diabólicas que enquadra sempre que fala ou está calado são menos diabólicas e mais para o “chunga”. Tanto que ninguém se lembra que se trata de um Ministro.

 

A propósito do Relvas, era bom que a Clara Ferreira Alves estivesse coberta de razão quando diz que já está como há-de ir. Eu cá, complicativa como sou, ainda acho que não vai a lado nenhum porque para tanto muitos outros amigos teriam de sair com ele, Primeiro-ministro incluído. O que, como sabemos, levaria a uma crise política eventualmente mais séria do que aquela que é provocada pela própria existência em si deste Executivo. No meio de tudo isto se fosse possível salvar a RTP de Relvas seria ótimo. Enfim, pareço uma "bloquista" a falar, bem sei. Mas nem por isso.

 

Bom, agora vou grelhar uns robalos para o almoço, esperando que a casa não se encha de cheiro a peixe. E que valha a pena. Se houver sorrisos é porque valeu.

 

PPC


Cat2007

15.07.12

 

 

Nos prolongadíssimos tempos em que Pedro Passos Coelho (PPC) foi líder da JSD, sempre que o via vinha-me à boca uma especial sensação de desprezo. Demasiado velho para ser líder de uma juventude partidária (ainda que seja a do PSD) por demais idoso para ter ideias frescas. Era entediante, banal e instalado. Já era. Imaginar que este homem viria a ser Primeiro-ministro de Portugal era uma impossibilidade. E no entanto, cá está. Ou seja, um dia destes qualquer um de nós pode ganhar o totoloto. Esta é a lei das improbabilidades. Hoje PPC é igualzinho ao que era com exceção do cabelo, que está cada vez mais fraco.

TRISTEZA


Cat2007

15.07.12

 

 

Há uma tristeza que se incorpora na alma. Não vou dizer que é o único tipo de tristeza que existe. Neste caso é como o amor. Não há apenas o mais profundo. Os sentimentos são graduados em termos da sua profundidade. A tristeza de que comecei por falar é aquela que nos chega tão fundo, que se instala e passa a fazer parte de nós. É por isso que é possível continuar a respirar, a rir e a sentir alegria. Ao mesmo tempo que num mesmo contexto nos caiem as lágrimas.

 

 

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub