Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

AMOR NO INVERNO


Cat2007

11.01.16

 

 

Não gosto do inverno. Mas por acaso  acho que é melhor fazer amor no inverno que no verão. Aliás a necessidade é maior porque se procura o calor que não faz lá fora. Por outro lado, no verão a coisa é um bocadinho pegajosa por causa do excesso de suor. Agora, se fazemos mais amor no inverno do que no verão, já não sei. O que sei é que as minhas relações amorosas começaram, na sua maioria, no inverno.

 

Há uma pessoa que diz que os meus amores do passado queimaram-me a cabeça. Não concordo. Há coisas boas que vivi. E coisas más que atravessei. E estou viva e feliz.

 

De entre as coisas más, já que estamos a falar de cabeças queimadas, há algumas que foram muito más. Por vezes falo delas. Mas não é porque esteja traumatizada. Sucede que muitas vezes os pensamentos recorrem-me à mente para tentar compreender. Tenho sempre que compreender. E, de facto, há algumas coisas que se passaram que eu não entendo. Não entendo essencialmente as pessoas quando assumem determinadas condutas. Claro que isto é porque eu procuro uma causa mais profunda que justifique certas más atitudes graves.No entanto, a verdade é que as pessoas são só idiotas . O mesmo é dizer que são designadamente más e insensíveis. Portanto, não existem causas profundas mas apenas tipos de personalidade marcados por uma determinada estrutura moral. 

 

Por outro lado, tenho que perder esta mania de me arrepender de ter lá estado.

 

 

BANDA SONORA


Cat2007

11.01.16

 
 

 

David Bowie tinha várias músicas giras que eu gostava de dançar. Agora já não passam em quase lado nenhum. Por isso não é, em princípio, possível dizer let’s dance a ouvi-lo e ir. Isto, pelo menos em sítios públicos. Que eu em casa posso dançar o young americans, por exemplo, as vezes que quiser. Talvez, antes pelo contrário, passe no Plateau que atualmente disponibiliza música retro para consumo.

 

Morreu ontem. Tinha sessenta e nove anos. Não acredito que fosse já capaz de lançar uma novidade que entrasse no ouvido. No entanto, acompanhou-me parte importante da vida, fazendo parte da banda sonora da mesma.  

 

A nossa vida tem uma banda sonora (menos a vida daquelas pessoas que não gostam de música). Há sempre uma canção, ou mais do que uma, que acompanha os ritmos das coisas vividas que acontecem em espaços e têm um cheiro. E de cada vez que muda um andamento da vida alteram-se as notas musicais. É certo que não foi só ele, mas para cada mudança de andamento na minha vida David Bowie tinha sempre novas notas musicias.

 

 

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.