Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

DESORGANIZAÇÃO CONTROLADA


Cat2007

30.10.18

Resultado de imagem para secretária desarrumada

 

Olhei agora para o meu lado esquerdo e anotei que tenho alguns documentos originais no meio de alguma legislação que fui imprimindo e colocando na pilha, bem como há também um caderno de argolas para apontamentos nas reuniões. Portanto, está tudo no mesmo monte. Já do lado direito estão dois panfletos sobre as greves, a minha Constituição não anotada e mais uma pilha de papéis que construi, cuja utilidade não estou a ver de momento. A questão é que trabalho perfeitamente e encontro sempre aquilo que preciso. Tudo porque tenho uma cabeça arrumada. 

 

 

É DO MEDO


Cat2007

29.10.18

Resultado de imagem para casa assombrada

 

O medo é uma espécie de edifício macabro. Uma casa assombrada. Não sei. É uma ideia. O medo começa por nos colocar a questão de termos medo. Por medo não agimos. Por medo paramos de agir. Por medo ficamos em casa. Por medo saímos de casa para ficarmos parados na rua junto a uma esquina qualquer sem a dobrar. O medo dá medo do medo. A paragem de vida dá-se pelo medo do medo sem saber do que se tinha medo. É do medo. 

 

AS NOSSAS CENAS


Cat2007

26.10.18

Resultado de imagem para boca de cena teatro

 

Residem algumas coisas no nosso passado que podiam ter corrido de forma diferente, talvez melhor. Esta é a primeira ideia que se tem quando se olha para trás, pensando nesta ou naquela situação mais marcante. Mas, na verdade, não é verdade. As coisas correm da maneira que as respetivas de condicionantes de cada momento determinam: nós e os outros, enquanto atores, no estado específico em que nos encontramos, bem como os diversos contextos envolventes, enquanto palcos e bocas das nossas cenas nas horas em que as levamos à cena.

 

VONTADE DE MUDAR


Cat2007

22.10.18

 

Resultado de imagem para mudar

 

Tenho vontade de mudar. Nada de estrutural. Não é preciso. Entendo que não ando a fazer nada mal feito que me possa trazer desagradáveis consequências. Mas apetece-me mudar. Alguns comportamentos. Aqueles entediados. Os não-atos. Aquelas coisas do “não me apetece” ou, ainda mais, do “não vale a pena”.  Na verdade, a vida está aqui para ser experienciada. Embora, claro está, sem muitos cansaços provocados pelo excesso de energia aplicada em coisas que se vê logo que não interessam ou que, por experiência, sabemos que são perfeitamente dispensáveis. No mais, repito, tenho vontade de mudar. E, em princípio, é o que farei.

 

VIDA EM MIM


Cat2007

18.10.18

 

Resultado de imagem para flores lindas

 

Despedi-me do meu pai um modo solene mas muito discreto (que é como eu gosto e sei fazer as coisas). Disse Adeus, pois. E conclui que dizer adeus é para estes momentos. É para quando já não nos vamos ver mais com os olhos.

 

Assim, talvez seja melhor não dizer adeus aos vivos. Eu, pelo menos, estou agora a concluir deste modo, crendo que é sempre bom saudar nas despedidas com um até breve.

 

O post que escrevi sobre o meu pai e a sua morte apagou-se acidentalmente. Quer dizer, eu apaguei sem querer. E, tendo sido sem querer, pareceu-me, no entanto, uma coisa com muito sentido. Não era homem para gostar disso. Homenagens na WWW. Também aqui eu deveria ter sido discreta.

 

Enfim, estou calma. Era para dizer isto que vinha aqui. Assim fiz. Ou melhor, estou a fazer. Antes de acontecer, não pensei que fosse decorrer assim. O processo. A tristeza natural e uma calma olímpica. Nada de ansiedades ou outros receios. Apenas a calma que provém da consciência profunda de ser adulta e de já saber tomar conta de mim. Tudo o mais é o amor que perdura e faz naturalmente com que ele, o meu pai, permaneça vivo em mim.

ENTRE O QUE SOMOS E O QUE FAZEMOS


Cat2007

03.10.18

Resultado de imagem para espírito

 

A alma é a energia que sustenta a vida e o espírito é a forma emocional que a vida assume e que aparece ao mundo através de cada manifestação pessoal. É por isto, então, que é preciso alinhar muito bem a cabeça com as emoções, e não o contrário - claro que estou a falar das emoções básicas e basilares, de formas de sentir caracterizadoras. É que o cérebro sintetiza a partir da interpretação que realiza das referidas realidades que integram o espírito e depois manda agir. O cérebro é, então, o intermediário entre o que somos e o que fazemos, devendo reduzir-se a esta significância. 

 

ENFEIRAR


Cat2007

02.10.18

Imagem relacionada

 

Apesar de existir uma opinião generalizada de que os artigos de feira são, em princípio, feios e de fraca qualidade, é certo que isto não é exatamente assim. De facto, é possível encontrar igualmente coisas com muita pinta e valor numa feira. Pode ser roupa ou uma navalha. Logo se vê o que aparece. O que é preciso é ter tempo e paciência para procurar e capacidade de ser opaco para contornar os assédios constantes dos feirantes que não interessam. No fundo, estar na feira não é muito diferente de estar na vida.

 

Enfim, tudo isto para dizer que, a partir da próxima quinta-feira, posso ser encontrada a enfeirar em Vieira do Minho na Feira da Ladra.

 

FÉNIX


Cat2007

01.10.18

Resultado de imagem para fénix renascida

 

 

Na semana passada faltei ao ginásio todos os dias. Isto porque tinha planeado ir todos os dias. E não as habituais três vezes por semana. Tudo porque me andaram a ensinar fórmulas mais eficazes de obter resultados mas que envolvem mais tempo e dedicação. Logo, resolvi não aparecer por lá. Antes, tomei a decisão de comer chocolates. Assim, quando uma pessoa se sente mal, esforça-se por se sentir péssima.

 

Porém, hoje, qual Fénix, estou determinada a meter-me no ginásio e começar com o novo programa.

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub