Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

JUSTIÇA


Cat2007

08.11.09

 

Quando iniciei o estágio de advocacia, alguém muito competente instruiu-me nos seguintes termos:

 

1 - Em tribunal não há justiça. Ganhas ou perdes, se tens, ou não, as melhores armas e as sabes usar. Para nós e para os nossos clientes, o que importa é ganhar. A verdade e a justiça não interessam. Se acontecerem é um acaso. E nesse caso, óptimo, desde que ganhemos, pois está claro.

 

2 - Nós não estamos aqui para nos envolvermos com as pessoas. É muto importante não desenvolver afectos pelos nosso clientes, caso contrário perdemos a objectividade e acabamos a prejudicar toda a gente.

 

3 - Todos os clientes chegam aqui cheios de coisas para dizer. Por um lado, estão com problemas, e querem desabafar,  por outro, acham que têm que enunciar detalhes que consideram muito importantes e, por fim, vêm ainda com algumas sugestões na manga para nos guiar no nosso trabalho. Bom, têm exactamente cinco minutos para dizerem isto tudo. Findos estes, colocamos o nosso relógio em cima da mesa, e esclarecemos quanto custa uma hora de consulta e em seguida lembramos que não estão no padre, no psicoterapeuta ou no astrólogo. Depois começamos nós a fazer as perguntas que interessam. Indicamos os factos que precisamos que existam, ainda que não existam exactamente, e pedimos provas para eles. Terminamos a conferência dizendo que, a partir daquele momento, devem esquecer o problema porque este  passou a ser nosso, e não deles.

 

Por mais anos que viva, não me esquecerei destas coisas. São verdades incontornáveis. Não é frieza nem mercenarismo. É, antes pelo contrário, lealdade profissional. Esclarecendo, um juiz não é um ser todo-o-poderoso que pode julgar como muito bem entende. Está amarrado à lei e às provas. Por muito que tenha feeling, jamais vai decidir com base neles. Portanto, ou há provas ou adeus. Não vale a pena ir chorar para tribunal. 

 

E tudo isto porque em breve poderei voltar a ser advogada...

 

Daqui para baixo fica um enorme espaço em branco que não se nota. Era para ter sido preenchido com as coisas mais que eu ia dizer. Mas não disse. 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub