Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAROL


Cat2007

08.02.16

 

Na sexta-feira passada fui ao cinema à sessão que começou às 00.20h ali no Monumental. Não mais de seis pessoas para ver Carol, uma história de amor entre duas mulheres. Um dos homens que foi para ali sozinho saiu a meio do filme. Para além deste, havia outro que ficou até ao fim.

 

Carol ou o Preço do Sal. Se bem me lembro do livro, o filme é muito o mesmo que o livro. Carol não foge aos princípios da narrativa do Preço do Sal. A impressão com que fiquei quando li o livro há muito tempo atrás foi a de que tudo era muito contido. Falava-se da paixão mas ela não aparecia descrita. Tinha de ser subentendida.

 

No filme, igualmente, mostra-se que existe paixão mas ela não se vê. Repare-se que, por exemplo, ninguém entende que duas pessoas loucamente apaixonadas uma pela outra decidam fazer uma longa viagem juntas sem que antes tenham feito amor. Na verdade, não sei se fizeram amor ou não. O filme não deixa ver nem, sequer, adivinhar.

 

Creio que este é o defeito de Carol. E não é um grande defeito porque no resto é perfeito.

 

17 comentários

Comentar post

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.