Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

DIVÃ


Cat2007

16.09.16

 

Às vezes, quando pensamos que alguma coisa que vai acontecer vai correr muito mal, sucede que corre extremamente bem. Aconteceu-me isto ontem. Claro que eu sou dramática como uma diva. Passo do pranto à euforia e da euforia ao pranto num ligeiro passo do tempo. Acrescento ao facto que, por desígnios divinos, não sou bipolar. E também e verdade que não chego exatamente a quedar-me em pranto. Porque não choro. Muito raramente choro. E este é mais um defeito que eu tenho. Que prejudica a mim e ao próximo. Mas, para o que importa sublinhar, tirando este detalhe da falta de lágrimas, eu sou como uma diva no que toca aos processos temperamentais. De resto, não sou magnífica como as divas são. Creio que é evidente.

 

Tinha uma colega que era uma chorona. Mas não era como uma diva. Porque não tinha estofo temperamental e nervoso. Chorava porque sim e porque não. Não era de extremos, como eu sou. Ou melhor, era apenas de extremo. Estava sempre a chorar. Lá está.

 

Tentava eu lembrar-me porque chorava ela. Mas estou com dificuldade. Porque a coisa era uma espécie de sem assunto. Ou sem motivo atendível. Seja como for, creio que ela, passe a má impressão que foi deixando nas pessoas, sempre era mais saudável do que eu no que ao sistema nervoso diz respeito.

 

Aliás, todas as divas têm o sistema nervoso em frangalhos, devo acrescentar. É o meu caso. No mais, é por isso que não largo o divã da psicoterapeuta. Que é muito confortável. Embora não saiba se as divas gostam de divãs.

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Cat2007 16.09.2016

    Sim é verdade. De diva eu só tenho o de 8 ao 80. De resto não sou histérica nem coisas dessas. De qualquer forma, não sei de que dores alheias falas. Os terapeutas, se forem alguma coisa de transcendente, são divinos. Nunca divas. Porque, em primeiro lugar não cantam muito bem na ópera ou não fazem cinema, como a Marylin. Depois, não são histéricos nem nada disso. Obrigada por me informares que as divas adoram divãs. Porque, como disse, não sabia. Os auto-retratos são sempre exagerados se se tem tendência para o cubismo. Atrevida sou certamente. Mas sou low profile. Porque me convém.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    stats

    What I Am

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub