Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

CAFÉ EXPRESSO

"A minha frase favorita é a minha quando me sai bem"

HOSPITAL DA LUZ


Cat2007

17.09.16

Resultado de imagem para hospital da luz benfica

 

Hoje passei a manhã no Hospital da Luz para fazer exames e análises. Das análises não sei nada. Dos exames resulta que está tudo bem. São coisas de rotina. As que fui fazer. A questão é que estive agoniada até às 11h da manhã. Porque não podia comer. Não sei como não tive uma quebra pelo meio ou depois. Claro que cheguei a sentir umas leves tonturas. Que passaram rapidamente.

 

Enquanto ia fazendo as coisas, tinha de retornar à sala de espera. Estavam lá várias mulheres. Quando cheguei da primeira vez, disse bom dia para a geral. Ninguém respondeu. Em Portugal não é normal saudar desconhecidos. Nem por isso fiquei afetada. Considerei que os hábitos dos portugueses são, em muitos casos, rascas. E sentei-me calmamente num lugar disponível.

 

As mulheres tinham estilos variados. Mas aquelas a que dei mais atenção foram as de saltos altos demasiado altos. Na verdade, os saltos era altíssimos com as inerentes dificuldades de locomoção. Portanto, fixei-me nestas de saltos não altos mas altissimos. E fiquei a pensar na justificação para tal sacrifício num sábado às 8h da manhã dentro de um hospital.

 

Conclui que estas específicas mulheres estão escravizadas a um determinado conceito de beleza que pretendem alcançar mas não conseguem. Pelo menos as que vi não conseguem. Não que fossem feias ou disformes. Com efeito, por baixo daquele estilo plastificado verificava-se a existência da beleza particular a cada um delas. Apenas era necessário fazer um esforço de desplastificação. E a culpa de tudo isto era dos saltos altos demasiado altos.

 

Creio que falta a muitas  mulheres lidarem com os seus fantasmas e adquirirem o senso da descontração estética. A segurança de se assumirem como são. Bonitas.

 

 

stats

What I Am

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub